COMPARTILHE

O actor angolano Fredy Costa, emitiu esta quarta-feira (9), um comunicado onde nega ter concedido qualquer entrevista à revista portuguesa TV Guia, sobre o seu relacionamento com a actriz Grace Mendes e trocas de acusações com a cantora Yola Araújo.

Fredy Costa começa por dizer que foi aconselhado pela sua família e advogados, antes de emitir o seu comunicado e esclarece que as supostas confissões não passam de calúnias e difamação da sua vida privada e das pessoas ligadas a si, tanto no passado como no presente.

Quero desde já afirmar que não concedi nenhuma entrevista com este teor, muito menos contribui para devassa da minha vida e da vida alheia”, refere o actor.

Fredy Costa refere que este acto visa prejudicar a sua imagem/carreira e criar conflitos junto das pessoas que o cercam, uma vez que não faz sentido ser ele próprio, o autor de notícias que mancham o seu bom nome.

O actor informa que irá responsabilizar criminalmente os autores de tais informações, através dos seus advogados e pede sinceras desculpas aos seus familiares e todos os envolvidos, pelo mau estar causado pela publicação da TV Guia.

Leia o comunicado divulgado por Fredy Costa nas redes sociais:

Depois de muito ponderar e de me ter aconselhado com a minha família e fundamentalmente com os meus advogados, venho por esta via esclarecer o seguinte: Nos últimos dias determinadas revistas cor de rosa e revistas online foram veiculando uma suposta entrevista escandalosa onde se pode ler entre outras supostas afirmações e títulos como ESCÂNDALO, FREDY COSTA TEM 3 MULHERES E UMA ESTÁ GRÁVIDA e acto contínuo reproduzem nos seus conteúdos dezenas de expressões, confissões e acusações contra mim próprio e contra pessoas que de uma ou de outra forma, estão ligadas a mim, numa verdadeira calúnia e difamação e auto-devassa da minha vida privada e da vida daquelas pessoas ligadas a mim no passado e no presente.

Quero desde já afirmar que não concedi nenhuma entrevista com este teor, muito menos contribui para devassa da minha vida e da vida alheia, pois, como é sabido desde há muito que o problema do meu divórcio dominou um determinado espaço nas redes sociais e na imprensa escrita. Desde aquele momento que, por conselhos de pessoas próximas e por minha convicção nunca me pronunciei em público, não proferi, nem alimentei nenhuma notícia veiculada nesses espaços e porque apenas a mim diziam e dizem respeito.

Mantenho intactas as mesmas convicções de então, pelo que, a única leitura que pode ser feita sobre o que se difundiu é a de vexar o meu bom nome, instaurar uma conflitualidade junto das pessoas que me cercam e prejudicar a minha carreira, pois, não faz sentido nenhum que seja eu próprio o autor de notícias que mancham o meu bom nome e só a posterior e em reboque trazem nomes de terceiras pessoas para com isso meter em causa a minha idoneidade, moral e hábitos que me têm ajudado a manter uma serenidade e levar com bastante tranquilidade e longevidade a minha carreira em todas as dimensões.

Por isso, quero desde já pedir em meu nome desculpas públicas a minha família e a todos que se viram lesados com esta suposta entrevista, ofendendo inclusive a memória do meu falecido irmão, cuja dor pela sua prematura morte nós ainda sentimos, desculpas a todos aqueles que viram de igual modo os seus nomes manchados com a notícia divulgada, entretanto, mandatei os meus Advogados em Angola a encetarem contactos com Advogados em Portugal com a finalidade de se apurarem responsabilidade civis e criminais (cá e lá), pois as referidas publicações ofendem o meu bom nome, a minha honra e reputação pessoal e de pessoas que eu muito prezo e admiro e com as quais tenho e mantenho ligações e laços indeléveis.

Muito obrigado a todos e mais uma vez as minhas sinceras desculpas por este mau estar causado e que tenho fé responsabilidades serão apuradas. FREDY COSTA

Jet7

COMENTE PELO FACEBOOK

SEM COMENTÁRIOS